21 de janeiro - Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa.
21/01/2017 - 15h41 em Sociedade

Esse dia foi instituído em 2007, pelo ex-presidente Lula, através da Lei nº 11.635, em homenagem à Iyalorixá baiana Gildásia dos Santos e Santos (Mãe Gilda de Ogum), do Terreiro Axé Abassá de Ogum, de Salvador, que faleceu em 2000, nesta data, vítima de infarto, depois de ver sua foto, usada sem autorização, na capa do jornal Folha Universal com o título: - “Macumbeiros charlatães lesam o bolso e a vida dos clientes”. Com isso, o Terreiro foi invadido por fanáticos evangélicos, que quebraram imagens e objetos sagrados, agrediram Mãe Gilda e seu marido, verbal e fisicamente, usando até uma bíblia para bater em sua cabeça. 

A Justiça indenizou a família em R$ 145.250,00
.

 

Comunidade de Matriz Africana grita: “QUEREMOS SER RESPEITADOS, NÃO TOLERADOS!”.

 

Via Sandra Santos no Facebook.

 

 

 .
Comunidade de Matriz Africana grita: “QUEREMOS SER RESPEITADOS, NÃO TOLERADOS!”.Justiça indenizou a família em

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!